MERKEL LEVANTA VÔO PARA O BRASIL

Após o encerramento da sessão que aprovou uma nova ajuda financeira no valor de 86 bilhões de euros à Grécia pelo Bundestag (câmara baixa do Parlamento Alemão) nesta quarta-feira, a chanceler alemã, Angela Merkel, viajou ao Brasil com vários ministros para reunir-se com a presidente Dilma Rousseff para o encontro intergovernamental entre Brasil e Alemanha.

0,,17709124_303,00

Foto: Reuters

Angela Merkel seguiu acompanhada de representantes de 11 ministérios e passará menos de 24 horas no Brasil. Esta noite deverá ocorrer um jantar de recepção no Palácio da Alvorada.

A chanceler inaugura a agenda oficial amanhã (20/08) com um café da manhã que contará com a presença de altos representantes da indústria alemã. As líderes e seus representantes participarão de diversas reuniões bilaterais com foco em ciência e tecnologia, educação, biodiversidade, inovação, cooperação e cultura. O combate às mudanças climáticas tendo em vista a conferência do clima (COP21), em dezembro, em Paris, também está em pauta.

A expectativa é de que sejam assinados acordos de cooperação no valor de cerca de 500 milhões de dólares, sendo um deles na área de ajuda ambiental por parte da Alemanha. A delegação alemã exprime a importância de intensificar essa relação com o Brasil para manter um diálogo mais constante em questões internacionalmente significativas.

Os ministros que acompanham a chanceler são os da Cooperação, Gerd Müller; Meio Ambiente, Barbara Hendricks; Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier; Saúde, Hermann Gröhe; Transportes, Alexander Dobrindt, e Agricultura, Christian Schmidt.

A Alemanha é atualmente o quarto maior parceiro comercial do Brasil, atrás de China, Estados Unidos e Argentina. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o fluxo comercial entre os países – soma entre exportações e importações – chegou a US$ 20,5 bilhões em 2014.