Canadá derruba Brasil da 10ª posição nas trocas comerciais com UE

O Brasil perdeu a posição de 10º parceiro comercial da União Europeia (UE) para o Canadá no primeiro trimestre deste ano, segundo estatísticas europeias. Os produtos brasileiros importados pela UE representam 1,6% do total – menor nível desde 2003. A notícia foi publicada no Valor Econômico (14/05).

O Brasil exporta sobretudo commodities e, com menos demanda, exporta menos. Com a recessão, o Brasil também compra menos da Europa.  O Brasil precisa melhorar a competitividade de sua indústria”, afirmou ao Valor o presidente da Associação EUBrasil, Luigi Gambardella.

Ainda segundo o Valor, entre janeiro e março deste ano, as exportações brasileiras diminuíram 1% para a UE e as importações procedentes da Europa caíram 2,6%, de acordo com o Valor. Porém, em março, as exportações do Brasil para a UE cresceram 12% em relação ao mesmo período do ano passado.

O país já teve superávit comercial com os europeus no passado, porém, desde 2012 passou a acumular déficit, atingindo €5,8 bilhões em 2014. No primeiro trimestre de 2015, o déficit acumulado é de €1,4 bilhão.

Zona euro

O crescimento da zona do euro acelerou com a expansão de países como França, Alemanha e Itália.  O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,4% entre janeiro e março, comparado com o trimestre anterior, de acordo com dados da Agência de Estatísticas da UE – Eurostat.