Eurodeputado Fernando Ruas indaga intenções da Comissão Europeia sobre acordo comercial com Mercosul

PTO eurodeputado português e membro da EUBrasil Fernando Ruas, na qualidade de integrante da Comissão de Comércio Internacional (INTA) no Parlamento Europeu, perguntou “formalmente” à Comissão Europeia (CE) qual é a posição da instituição sobre as recentes declarações do Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Armando Monteiro Neto, de que o país quer aprofundar as relações comerciais com os EUA, os países da Aliança do Pacífico e a União Europeia.

Escrevendo à Comissão Europeia, o eurodeputado lembra que as declarações do ministro correspondem com as afirmações da presidente Dilma Rousseff sobre o assunto feitas em novembro.

Fernando Ruas também pergunta se a CE está considerando avançar com um acordo comercial bilateral com o Brasil, “ou com os países do Mercosul que se sintam preparados para avançar”. O eurodeputado lembra que o recente Acordo com a Comunidade Andina acabou sendo um acordo com a Colômbia e o Peru.

As perguntas do eurodeputado enviadas à CE foram as seguintes:

1. Qual a sua posição sobre esta renovada e forte vontade demonstrada pelo Brasil em concluir os Acordos com o Mercosul?

2. Considera a possibilidade em avançarmos para um Acordo Comercial exclusivamente com o Brasil ou com os países do Mercosul que se sintam preparados para avançar (usando como precedente o recente Acordo com a Comunidade Andina que acabou sendo um Acordo com a Colômbia e o Peru, ao qual se deseja agora novamente juntar o Equador), abandonando a preferível abordagem multilateral que tanto defendemos para os nossos Acordos Comerciais?

Dentro do processo democrático das instituições europeias, os parlamentares podem dirigir perguntas à Comissão Europeia ou ao Conselho sobre os temas em pauta. Ambas as instituições têm até oito semanas para responder aos parlamentares. Você encontra o processo do PE neste link:

http://www.europarl.europa.eu/plenary/en/parliamentary-questions.html