Em Davos, Dilma conversa com empresários sobre investimentos em educação e infraestrutura

Durante encontro com representantes do Grupo de Interação Empresarial sobre o Brasil, em Davos, na Suíça, a presidenta Dilma Rousseff ouviu de presidentes, diretores e CEOs de empresas do mundo todo perguntas, dúvidas e elogios sobre os investimentos em educação, infraestrutura, governança da internet, entre outros.

Um dos empresários que está começando a investir em segurança eletrônica no Brasil elogiou a posição da presidenta sobre a governança na internet. Dilma lembrou que o Brasil tem uma segurança cibernética de ponta, mas que é preciso garantir o direito à privacidade dos cidadãos brasileiros.

O chairman da Shell, Jorma Ollila, falou sobre a atuação da companhia no país por 100 anos e a participação da empresa no consórcio com a Petrobras, responsável pela exploração do campo de Libra. A presidenta destacou a importância dos recursos que virão com a exploração do petróleo na área, que servirá como afirmação do país como exportador de óleo.

A presidenta ainda falou da importância do uso dos recursos da exploração do petróleo para educação. Para ela, esse será o fator mais importante para modificar o futuro do país. A medida foi elogiada por dirigentes do setor financeiro. Sobre a economia, ela reiterou que o governo tem feito um grande esforço pelo rigor fiscal e lembrou que a dívida líquida do país caiu da casa dos 60% para 34%.

Dilma também afirmou, ao ser perguntada sobre as exitosas políticas de saúde do governo, que, mesmo com a mudança no Ministério da Saúde, não haverá mudança na política industrial e de pesquisa na área.

Fonte: blog.planalto.gov.br