Apex-Brasil e CNI inauguram escritório de relacionamento comercial em Bruxelas

Apex-Brasil e CNI inauguram escritório de relacionamento comercial em Bruxelas

 
Representantes do Escritório ‘Brazilian Business Affairs’ já se reuniram com Parlamento e Comissão Europeia nesta quarta-feira, logo após a inauguração

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) iniciaram hoje, 2 de junho, as ações de relacionamento político-econômico comercial junto à União Europeia, com visitas à Comissão de Comércio Internacional do Parlamento Europeu e à Comissão Europeia, em Bruxelas, Bélgica. As visitas aconteceram logo após a inauguração do escritório Brazilian Business Affairs na cidade onde estão os principais órgãos de decisão da União Europeia.
Criado por meio de uma parceria entre a Apex-Brasil e a CNI, o escritório servirá de base para ações de relacionamento político-econômico junto a instâncias diversas da União Europeia, visando acompanhar suas tendências e deliberações, e tendo um papel ativo diante das decisões que possam impactar as exportações de bens e serviços brasileiros para países europeus.
O Diretor de Negócios da Apex-Brasil, Maurício Borges, abriu o evento falando sobre a importância da informação para o setor empresarial: “com o escritório em Bruxelas, estamos próximos aos órgãos da União Europeia onde as decisões são tomadas, o que é fundamental para termos esse papel ativo diante de decisões que possam impactar as exportações de bens e serviços brasileiros para países europeus”.
O vice-presidente da Firjan e representante da CNI, Carlos Mariani Bittencourt, ressaltou que a internacionalização da indústria brasileira é um fato e que a União Europeia é um importante alvo para esta internacionalização. “Temos trabalhado duro no sentido de ampliar o montante de investimento estrangeiro direto feito por empresas brasileiras no exterior e o escritório vai nos dar melhores condições de ajudar a indústria brasileira em seus negócios no mercado europeu”, afirmou.
Para o embaixador e chefe da Missão Brasileira na Comissão Europeia, Ricardo Neiva Tavares, a iniciativa é a prova de que o Brasil quer  expandir suas relações comerciais com a União Europeia. “Intensificamos o relacionamento nos últimos anos, mas ainda há muito o que fazer. A relação bilateral não exclui disputas, mas as áreas de convergência têm evoluído e o Brasil tem se tornado um parceiro estratégico para a União Europeia”.
Um dos principais entraves ao fluxo de comércio entre o Brasil e os países da União Europeia são as barreiras técnicas, que impõem exigências de especificações técnicas de produto e metodologias de controle e rastreabilidade de cadeia produtiva. Com o suporte do escritório, será possível atuar no sentido de amenizar os efeitos das atuais políticas comerciais da UE para os setores industriais brasileiros, além de identificar possíveis novas medidas de consequências negativas ao fluxo de comércio Brasil-União Europeia.
O escritório está localizado à Avenue des Arts, 19 A/D, B-1000, em Bruxelas.